terça-feira, 29 de maio de 2012

Mecanismo contra-corrente

A ansa de Henle tem a forma de U e, na sua parte, ascendente é impermeável à água, por isso, a saída do sódio do túbulo, por reabsorção para o fluido peritubular, não é acampoanhada pela saída de água. e, a osmolaridade do filtrado diminui no final da ansa de Henle.
Na ansa de Henle efetuam-se trocas en contra-corrente: o filtrado, enquanto passa na parte descendente na ansa de Henle, entra em contacto com o fluido peritubular, cada vez mais concentrado (consequência da impermeabilidade do túbulo à água);
Então, o sódio tem tendência para entrar para a ansa descendente, e a àgua a sair desta, o que faz aumentar a osmolaridade no final da ansa descendente.
O sódio é, assim, reciclado, passando da ansa ascendente para o fluido peritubular e deste para a ansa descendente. No túbulo distal e canal coletor as células são altamente permeáveis à água, o que conduz à reabsorção de cerca de 99% da água. 


Sem comentários:

Enviar um comentário