quinta-feira, 26 de abril de 2012

Degradação completa da glicose (ou de outro substrato) em dióxido de carbono e água com libertação de energia química potencial em presença de oxigénio molecular.
A respiração aeróbia começa no hialoplasma por uma glicólise, que é anaeróbia, e prossegue na mitocôndria através de desidrogenações e descarboxilações oxidativas de ácido pirúvico que entrou no ciclo de Krebs.

A reoxidação dos transportadores de hidrogénio reduzidos (TH2), pelo substrato orgânico faz-se através do oxigénio molecular que é reduzido a água (H2O).
A transferência de eletrões provenientes dos transportadores reduzidos faz-se ao longo de uma cadeia de oxirredução que bombeia protões (H+) da matriz da mitocôndria para o espaço intermembranar. Estes difundem-se, segundo o seu gradiente de concentração através das esferas pedunculadas, onde se faz a fosforilação oxidativa do ADP em ATP.

 
 
 
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário