domingo, 18 de março de 2012

Cólera - desidratação severa causa a morte - Questão de aula (Biologia 10)

 Cólera - desidratação severa pode causar a morte

Doença infeciosa intestinal aguda, causada pela enterotoxina do Vibrio cholerae. Esta bactéria é um bacilo gram-negativo, com flagelo, produtor de enterotoxina. As complicações na cólera decorrem, fundamentalmente, da depleção hidrosalina imposta pela diarreia e pelos vómitos. A desidratação não corrigida levará a uma deterioração progressiva do balanço hidroeletrolítico, por falta de ião sódio e água nas células, produzindo-se danos em todos os sistemas do organismo. As complicações podem ser evitadas, com adequada hidratação precoce. O diagrama seguinte, apresentado na figura 1, mostra como se processa a absorção de glicose e de ião sódio Na+ numa célula do epitélio intestinal.

As células possuem um transportador que se liga simultaneamente à glicose e a transfere para o citoplasma. Essa glicose, nas mitocôndrias que estão presentes nas células intestinais, será transformada em ATP. Em seguida, a membrana plasmática, ativamente, transporta o Na+ para o sangue. Em casos severos de desidratação, como em caso de cólera, ocorre tanto a perda de água quanto a de Na+.

Nota:
 
  • “luz intestinal” - interior do intestino delgado
  • “epitélio intestinal” - tecido que reveste a parede interna do intestino delgado
  • “depleção” - diminuição da quantidade de líquido ou sais contidos num órgão ou no organismo
 Adaptado de http://portal.saude.ciov.br/oortal/arciuivos/pdf/Qve7ed web atual colera.pdf


 

A cólera é uma doença infeciosa capaz de causar a morte por desidratação extrema, pois pode provocar danos em todo o organismo devido ao desequilíbrio hidroeletrolítico, isto é, à perda de água e de sais. A hidratação é feita com água misturada com açúcar (glicose) e sal (Na+), não se recomendando dar ao doente água pura. Examinando o diagrama da figura 1 e o documento, explique por que razão se deve dar aos doentes com cólera água com glicose, para evitar a desidratação severa.

Sem comentários:

Enviar um comentário