domingo, 16 de outubro de 2011

Vantagens e desvantagens da reprodução assexuada

A reprodução assexuada é um processo natural de clonagem, método de replicação do organismo parental através do qual, por mitoses, se obtêm cópias geneticamente iguais às do progenitor — os clones.
Uma das vantagens deste processo é os seres vivos que não se deslocam para outros locais ou que vivem isolados poderem reproduzir-se sem necessidade de encontrar um parceiro e sem gasto de energia na produção de gâmetas e na fecundação.
Outra vantagem é a possibilidade de um rápido crescimento populacio­nal, por exemplo, nas bactérias (que se reproduzem em menos de três horas, cerca de trinta minutos em algumas espécies), se existi­rem condições favoráveis, obtêm-se populações de milhões de seres em pouco mais de vinte e quatro horas.

Na agricultura, a possibilidade de as plantas se propagarem vegetativamente proporcionou, ao longo do tempo, a produção de grande número de plantas, com um mínimo de esforço e despesa. Na realidade, muitas das árvores de fruto e ornamentais foram pro­pagadas assexuadamente a partir de caules ou folhas de uma planta com boas características. Muitas outras plantas são propagadas a partir de fragmentos de raízes ou caules subterrâneos (por exem­plo, as batatas).

As plantas também podem ser multiplicadas em laboratório, utilizando técnicas de cultura de células. A partir de frag­mentos de um único exemplar (progenitor), os cientistas isolam células e promovem o seu desenvolvimento em novos indivíduos. Com estas técnicas, é possível chegar a um número ilimitado de seres geneticamente iguais e, desta forma, obter-se plantas de reprodução lenta (por exemplo, coqueiros) ou plantas com caracte­rísticas especiais (por exemplo, flores grandes, como as orquídeas). Esta técnica produz um elevado número de plantas todas iguais, num período de tempo reduzido.

Podem ainda ser utilizadas técnicas de engenharia genética, que melhoram as características originais das plantas, introduzindo genes com interesse nas células que vão ser clonadas.

Estas técnicas são aplicadas para obter mono­culturas, grandes áreas com uma única variedade de planta que apresenta grande interesse, do ponto de vista económico, para o Homem.

A grande desvantagem da reprodução asse­xuada é o facto de todos os descendentes do mesmo progenitor serem geneticamente iguais (a população é uniforme). Se as condições ambientais do local se modificarem e deixarem de ser propícias a esses indivíduos, estes podem desaparecer. Numa população com variabilidade genética, porém, alguns seres conseguem sobreviver nas novas condições ambientais e, por isso, manter-se.

Apontamentos - Link

Sem comentários:

Enviar um comentário